fbpx
Feitiços

Garrafas de Bruxa – Witch Bottles

Um feitiço forte e efetivo contra magia e feitiçaria do mal, as garrafas de bruxa começaram como “dispositivos” contra – magias, usadas ​​como forma de proteção de feitiços inimigos. Elas são descritas em fontes históricas na Inglaterra e nos Estados Unidos. Um dos primeiros registros de uma garrafa de bruxa aparece em 1681 no Saducismus Triumphatus de Joseph Glanvill. Algumas das primeiras garrafas de bruxa documentadas consistem em jarros de grés vitrificado com sal, conhecidos como jarros de Bartmann.

Garrafa de Bruxa Raio X

Para que serve?

A magia popular afirma que as garrafas de bruxa protegem contra espíritos malignos, obsessores e ataques mágicos, além de neutralizar feitiços lançados a você; o objetivo dela é atrair e capturar intenções prejudiciais dirigidas a seus proprietários. Nos dias atuais o seu uso por bruxes ainda é muito grande, sendo considerado um belo feitiço de proteção com resultado muito efetivo.


“A ideia por trás dela não é só proteger contra qualquer negatividade que lhe mandem, como também mandar de volta essa negatividade. Quanto mais essa pessoa tentar prejudicar o bruxo, mais ela prejudicará a si mesma.”

Como Fazer?

Historicamente, a garrafa da bruxa continha a urina do seu proprietário, cabelo, unha e fio vermelho. Mais tarde, as garrafas das bruxas foram enchidas com alecrim, arruda, agulhas, alfinetes e vinho tinto. A garrafa é então enterrada no canto mais distante da propriedade, sob a lareira da casa, ou colocada em um local discreto da casa. Acredita-se que depois de enterrada, a garrafa captura o mal que é empalado nos alfinetes e agulhas, afogado pelo vinho e expulso pelas ervas.

Às vezes, usa-se água do mar ou terra. Outros tipos de garrafas de bruxa podem conter areia, pedras, fios com nós, penas, conchas, ervas, flores, sal, vinagre, óleo, moedas ou cinzas. A garrafa de bruxa é considerada ativa enquanto permanece escondida e intacta. As pessoas passaram por muitos problemas para esconder suas garrafas de bruxa – aquelas enterradas embaixo das lareiras foram encontradas somente depois que as construções foram demolidas ou desapareceu de alguma outra forma. As origens desta tradição datam pelo menos do século XVI. Nos tempos antigos, as garrafas eram feitas de pedra e originalmente continham pregos enferrujados , urina , espinhos , cabelo , sangue menstrual e pedaços de vidro, madeira e osso.

Dicas Importantes

Busque confeccionar a sua Garrafa durante a Lua Cheia, em uma Terça Feira pedindo pela força de Marte. Lembre-se de ativar energeticamente todos os itens que você irá usar (alfinetes, ervas e afins). Visualize todo mal lançado a você sendo enviado pra garrafa, ela funcionará como um receptáculo dos feitiços e intenções negativas que são enviados a você. Os elementos usados na sua composição irão garantir que essas energias vão ser destruídas e não vão te afetar. Tenha sabedoria e responsabilidade ao fazer a sua garrafa mágica.

Com amor e encanto, Eduardo Sirena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *